Ir para Conteúdo principal
COVID-19 - Medidas adoptadas pela Justiça
Reabertura das conservatórias de Registos

Diretores e Diretoras-Gerais da DGAJ

Luís Fernando Borges de Freitas

Data de nascimento 7.10.1962.
Licenciatura em Direito na Universidade Lusíada de Lisboa.

Carreira profissional:

  • Revisor de imprensa (1979-1987).
  • Oficial de justiça (1987-1993).
  • Técnico Superior Jurista (1993-1994).
  • Coordenador do Gabinete de Apoio Técnico-Jurídico da Direção-Geral dos Serviços Judiciários (1994).
  • Chefe da Divisão de Gestão Patrimonial e Financeira da Direção-Geral dos Serviços Judiciários, ficando a coordenar o Gabinete de Apoio Técnico-Jurídico (1996).
  • Chefe de Divisão do Gabinete de Apoio Técnico-Jurídico da Direção-Geral dos Serviços Judiciários (1997).
  • Diretor de Serviços Jurídicos e de Cooperação Judiciária Internacional da DGAJ (2001) .
  • Diretor de Serviços de Administração Judicial da Direção-Geral da Administração da Justiça (2007).
  • Juiz de Direito no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria (desde 2010 a 2016).
  • Diretor-Geral da Administração da Justiça em 03.02.2016 (Despacho n.º 2302/2016, DR II.ª Série de 16.1.2016).
  • Juiz de Direito no Tribunal Administrativo de Lisboa (desde 2019).

Funções docentes:

  • Universidade Lusíada - assistente nas cadeiras de Finanças Públicas (1992-1997) e de Introdução ao Estudo do Direito (1993-2001).
  • Universidade Moderna - assistente na cadeira de Direito das Sucessões (1992-1995).
  • Centro de Formação Permanente de Oficiais de Justiça - Regime Jurídico dos Funcionários de Justiça (1994-2003).

Dados biográficos extraídos do Diário da República.